Áreas de Pesquisa

ERGONOMIA DO TRABALHO

Ergonomia, Segurança e Saúde no Trabalho

Compreender o trabalho para transformá-lo é o objetivo principal da Ergonomia. Para isto se faz necessário estudar os aspectos que tangem a segurança e saúde ocupacional, a fim de promover a proteção dos trabalhadores, visando a redução de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, bem como otimização dos processos de trabalho. Nesta linha de pesquisa, pode-se estudar os diferentes aspectos do trabalho no âmbito da ergonomia física, cognitiva e organizacional.

Lean Ergonomics

Através da aplicação de metodologias de intervenção ergonômica em ambientes de produção enxuta, pretende-se analisar demandas físicas, organizacionais e cognitivas que têm conseqüências na qualidade e efetividade do trabalho, assim como na saúde dos trabalhadores.

Ergonomia e acessibilidade do ambiente construído

A partir de pesquisas em literatura nas áreas de Ergonomia e Acessibilidade e Projeto Arquitetônico, pretende-se investigar e desenvolver diretrizes que colaborem para que todos os usuários possam utilizar de maneira inclusiva o ambiente construído. Para tanto, busca-se condições que incluem além da acessibilidade e mobilidade, a percepção do ambiente com ou sem auxílio de instrumentos específicos que visam suprir necessidades individuais dos usuários.

 

 

TECNOLOGIAS APLICADAS

Experiência do Usuário (User Experience)

Considerando a Experiência do Usuário (User Experience) e a Usabilidade como atributos qualitativos que indicam a facilidade ou dificuldade de uma interface para os usuários, o objetivo desta linha de pesquisa é avaliar, a partir de metodologias específicas em determinados contextos de operação, a capacidade – eficácia, eficiência e satisfação, que um sistema interativo oferece a seu usuário na realização de tarefas.

Tecnologias Assistivas

Desenvolvimento de produtos e sistemas virtuais voltados ao atendimento de necessidades da atenção à saúde humana.